Pular para conteúdo
Registre-se
x
  1. Seleção do Brasil
  2. Brasileirão Série B

Amorim também sente pressão

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, lembra que o clube de Alvalade tem sempre a pressão de vencer.

O Benfica vai defrontar o Sporting este sábado na final da Taça da Liga e tem 17/10 de odds para vencer no tempo regulamentar, 12/5 para empatar e 29/20 para perder.

Os Leões querem vencer a Taça da Liga, troféu que conquistaram na época passada e que, de certa forma, os lançou para a conquista do título.

"Estamos num clube grande que tem de vencer títulos, estou confiante de que vamos vencer, mas aconteça ao que acontecer não vai mudar nada. Se ganharmos vai para o museu, se não acontecer, em vez de quatro troféus em ano e meio serão três. Queremos vencer o jogo, sabemos da responsabilidade que é representar o Sporting e queremos trazer mais um troféu", afirmou Amorim em conferência de imprensa.

O Sporting já venceu esta época contra o Benfica, mas o técnico do clube de Alvalade espera um jogo diferente, tanto mais que muito mudou deste então, em especial a saída de Jorge Jesus como treinador e a chegada de Nélson Veríssimo.

"O jogo lá foi muito difícil, matámos quando tínhamos de matar, não sofremos golos, mas antes do nosso segundo golo o João Mário esteve à frente da nossa baliza. Às vezes é muito mais difícil do que parece".

"São treinadores diferentes, o mais notório é o sistema. Têm usado 4-4-2, podem usar 4-3-3, acho que vão usar 4-3-3, são dinâmicas diferentes, alguns jogadores diferentes. Muda muito a forma de jogar mesmo dentro do mesmo sistema. Fizemos a mesma preparação, analisámos os jogos, até em relação ao jogo de há dois anos em que o mister Veríssimo fez contra nos e em que ficámos fora da Liga Europa".

Apostas de Futebol

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies