Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Alemanha v Países Baxos
  1. Futebol
  2. Futebol de Seleções

Alguém vencerá a segunda seguida?

Tanto a «Nationalelf» quanto a «Oranje», que se enfrentam amanhã, venceram seus primeiros jogos em 2024.

Duas campeãs europeias se enfrentam nesta terça-feira no Waldstadion (o lar do Eintracht Frankfurt): Alemanha e Holanda. Tanto umas quanto outras vêm de um 2023 difícil, mas conseguiram triunfos excelentes nesta primeira Data FIFA de 2024. Conseguirá alguma delas sair vitoriosa outra vez?

O quê:

Alemanha x Holanda

Onde:

Waldstadion, Frankfurt

Quando:

terça, 26 de março, às 16h45 (Brasília)

Como assistir:

sportv2

Cotações:

Alemanha = 1,95 | empate = 3,80 | Holanda = 3,50

Como chega a Nationalelf

No ranking da FIFA a Alemanha encontra-se em 16.º lugar, logo atrás do México e logo à frente do Senegal. Isso faz bastante sentido quando se nota que a seleção venceu três e perdeu seis dos onze amistosos que disputou ano passado (a maioria deles realizados em solo alemão). Hansi Flick, que era o técnico desde setembro de 2021, foi demitido em setembro de 2023. Naquele mesmo mês anunciou-se a chegada de Julian Nagelsmann (que em março fora demitido do Bayern).

Anteontem a Alemanha realizou seu primeiro amistoso de 2024, com a França, em Lyon. Os anfitriões entraram com um onze alternativo, e os visitantes conseguiram um convincente 2 x 0. Em junho haverá amistoso com a Ucrânia, em Nuremburg, e com a Grécia, em Mönchengladbach, antes do Campeonato Europeu. A Nationalelf inicia a busca pelo tetracampeonato no dia 14 de junho, contra a Escócia, em Munique. No mercado «Vencedor Final» os anfitriões estão em terceiro (7,50).

Como chega a Oranje

Na Copa do Mundo passada a Holanda caiu nas quartas de final, mas terminou o torneio invicta. Em seguida deu-se a despedida (e a aposentadoria) de Louis van Gaal e o retorno de Ronald Koeman (que treinou a Oranje entre 2018 e 2020). Não se pode dizer que equipe tenha se saído bem em 2023: apesar de seis vitórias em dez jogos, perdeu os quatro que disputou contra seleções da elite mundial (duas vezes para a França, uma vez para a Croácia e uma vez para a Itália).

Três dias atrás, os de Koeman receberam e superaram por 4 x 0 a Escócia em Amsterdã. Em junho haverá dois amistosos em Roterdã: no dia 6, com o Canadá, e no dia 10, com a Islândia. Em seguida haverá o retorno à Alemanha para a disputa do Campeonato Europeu, e a estreia será no dia 16 de junho contra País de Gales ou Polônia. A Holanda é um dos «azarões» do torneio, visto que está em oitavo (logo atrás de Bélgica e Itália) no mercado «Vencedor Final» (17,00).

O que esperar do jogo

A convocatória de Nagelsmann para esta Data FIFA deu muito que falar. Em primeiro lugar, porque nela não constaram os meio-campistas Leroy Sané e Leon Goretzka e o atacante Serge Gnabry (todos do Bayern). Ainda mais notável foi a inclusão do meio-campista Toni Kroos (Real Madrid), que anunciara a aposentadoria da seleção três anos antes. Por fim, deu-se a inclusão de seis atletas que jamais haviam representado a Nationalelf principal; entre eles o meio-campista Aleksandar Pavlovic (Bayern) e o atacante Maximilian Beier (Hoffenheim).

Na mais recente convocatória da Holanda viu-se pela primeira vez ser chamado o meio-campista de 22 anos Quinten Timber (Feyenoord). Viu-se também o retorno do meio-campista Georginio Wijnaldum (Al-Ettifaq) e do atacante Memphis Depay (Atlético de Madrid). Tanto Wijnaldum quanto Depay foram titulares contra a Escócia, bem como o zagueiro Virgil van Dijk (Liverpool) e o meia/atacante Xavi Simons (Leipzig). Um dos suplentes foi o atacante Donyell Malen (Dortmund).

Dos grandes amistosos que foram ou serão disputados nesta Data FIFA, o de amanhã na cidade de Frankfurt talvez seja o menos previsível. Pode-se apontar o favoritismo para a Alemanha por jogar em seus domínios, mas em 2023 isso pouco lhe serviu. Além disso, as várias novidades na mais recente convocatória da Nationalelf torna difícil prever a sua escalação ou mesmo o esquema tático a ser utilizado desta vez. E não nos esqueçamos que a Holanda encontra-se dez posições acima no ranking da entidade máxima do futebol.

Pelo que se viu tanto de Julian Nagelsmann quanto de Ronald Koeman em anos anteriores, podemos esperar ambas as equipes adotando um futebol ofensivo. Isso torna razoáveis tanto a possibilidade de um jogo de mais de 2,5 gols quanto a possibilidade de ambos os lados marcarem. Se lembrarmos ainda que a Oranje encontra-se em tese menos desgastada do ponto de vista físico e emocional (já que teve um dia a mais de descanso e enfrentou um adversário não tão forte), torna-se razoável esperar que os visitantes não percam.

As cotações aqui apresentadas estão sujeitas a flutuações.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.