Pular para conteúdo
Registre-se
x

Sérgio Aguero anunciou hoje que vai abandonar o futebol devido a arritmia cardíaca.

O anúncio foi feito durante uma conferência realizado no Camp Nou, com a presença, entre outros, do presidente do FC Barcelona, dos seus colegas de equipa e de Pep Guardiola, treinador do Manchester City, clube que Aguero representou de 2011 a 2021 e do qual é o melhor marcador da história, com 260 golos.

"Esta conferência serve para comunicar que decidi deixar de jogar futebol a nível profissional. É um momento muito duro, mas foi a decisão que tomei. Em primeiro a minha saúde", afirmou o avançado argentino visivelmente emocionado.

Esta época, Aguero fez apenas cinco jogos ao serviço do FC Barcelona, actual 8º classificado de La Liga com 40/1 odds de se sagrar campião e 1/3 odds de vencer o próximo encontro, este sábado, na recepção ao Elche.

Lembramos que a 30 de outubro, num encontro de La Liga frente ao Alavés, o internacional argentino foi substituído com dores no peito, situação que se descobriu  mais tarde ter sido causada por uma arritmia cardíaca.

“Tomei a decisão há dez dias. Fiz tudo o que era possível para ver se havia esperança, mas não houve muita. Quando fiz o primeiro exame físico, os médicos chamaram-me para avisar que havia uma possibilidade muito grande de eu não continuar como profissional. Não foi fácil. Quando eles me ligaram e disseram que era mesmo o fim, demorei uns dias a processar que realmente era o fim”, explicou Sérgio Aguero.

O avançado, que marcou um total de 429 golos em 788 jogos, diz assim adeus aos relvados aos 33 anos de idade depois de ter representado quatro clubes: Independiente (Argentina), Atlético de Madrid, Manchester City e finalmente o Barcelona, e conquistado múltiplos títulos.

Apostas de Futebol

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies