Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
tênis wta saibro
  1. Tênis

Aberto da França WTA: Bia soma e segue

Esta manhã, a paulista cravou vaga na terceira rodada de Grand Slam pela primeira vez na carreira.

Foram necessárias 2h39 de jogo, mas Beatriz Haddad Maia conquistou a segunda vitória sucessiva no torneio.

A número 1 do Brasil e 14 do mundo largou muito bem e chegou a abrir 2-0 no segundo set sobre a russa Diana Shnaider, mas a rival se recuperou para empatar o encontro.

Bia manteve o foco e levou a melhor, fechando o placar com as parciais de 6-2, 5-7 e 6-4.

Na próxima rodada ela vai enfrentar a vencedora do duelo Ekaterina Alexandrova x Anna-Lena Friedsam, que arranca daqui a pouco na quadra 6.

A paulista nunca enfrentou a alemã no circuito, mas bateu a russa, cabeça de chave 23, nas duas vezes que se cruzaram anteriormente.

Rybakina vence mais uma vez

Esta manhã, Elena Rybakina superou com facilidade a jovem tcheca Linda Noskova, por duplo 6-3, chegando na terceira rodada do torneio pelo terceiro ano consecutivo

Esta é a oitava vitória consecutiva, e a 32ª em 39 jogos na temporada, da cazaque que continua fazendo exibições sólidas, tendo conquistado este ano os WTA 1000 de Roma e de Indian Wells, além de ser finalista do Aberto da Austrália.

A próxima adversária da atual número 4 do mundo será a espanhola Sara Sorribes, que levou a melhor no único confronto anterior entre ambas, em 2021.

Ainda hoje, teremos vários outros confrontos, incluindo Iga Swiatek x Claire Liu.

A número um do mundo em odds de 1,02 para bater a americana, e de 1,66 para repetir o título do torneio parisiense, que já conquistou em 2020 e 2022.

Artigos relacionados:

Aberto da França: Tudo que você precisa saber

Aberto da França ATP: Destaques da segunda rodada

Além da polonesa, também Ons Jabeur, Coco Gauff e Donna Vekic disputam esta quinta-feira sua continuação no Aberto da França.

Até agora, a surpresa foi a derrota da francesa Caroline Garcia. Se esperava que a cabeça de chave 5 chegasse pelo menos às quartas de final como em 2017, mas ela foi ontem eliminada pela russa Anna Blinkova, atual 56ª do ranking, pelas parciais de 6-4, 3-6 e 5-7.

Melhor estiveram Sloane Stephens, Aryna Sabalenka, Karolína Muchová, Daria Kasátkina e Jessica Pegula, vencendo suas partidas e se classificando para a terceira rodada que arranca na sexta-feira.

Verifique a chave desta quinta-feira:

[1] Iga Swiatek (POL) vs. Claire Liu (EUA)
Julia Grabher (AUT) vs. [6] Coco Gauff (EUA)
[23] Ekaterina Alexandrova vs. Anna-Lena Friedsam (ALE)
Bianca Andreescu (CAN) vs. [C] Emma Navarro (EUA)
Oceane Dodin (FRA) vs. [7] Ons Jabeur (TUN)
Jasmine Paolini (ITA) vs. [Q] Olga Danilovic (ESL)
Lauren Davis (EUA) vs. Lesia Tsurenko (UCR)

Brasileiras brilham nas duplas

A estreia das duplas femininas não podia ter sido melhor para as tenistas brasileiras.

Na quarta-feira, Beatriz Haddad Maia e Victoria Azarenka atropelaram as adversárias, a dupla formada por Kaia Kanepi e Tereza Mihalikova, vencendo por 6-0 e 6-1.

Depois, foi a vez de Luísa Stefani, em lado da canadense Gabriela Dabrowski bater a parceria Tatjana Maria /Elisabetta Cocciaretto, por duplo 6-2, em apenas 58 minutos de partida.

Essa vitória foi especial para a paulistana, atual 23ª no ranking mundial de duplas. Stefani não ganhava uma partida de dupla feminina em Grand Slam desde a semifinal do US Open de 2021, quando sofreu uma grave lesão no joelho que a deixou mais de um ano sem jogar.

No último Grand Slam, o Aberto da Austrália, em janeiro, ela disputou as mistas em parceria com o gaúcho Rafael Matos e fez história ao conquistar o troféu.

Já esta manhã foi a vez de Ingrid Martins aproveitar a vaga de última hora no Aberto da França, após a desistência da dupla formada pela chinesa Xiyu Wang com a polonesa Magda Linette.

Junto com a bielorrussa Iryna Shymanovich, que treina no Rio de Janeiro, conquistou sua primeira vitória em Grand Slam, frente às experientes Irina Begu e Anhelina Kalinina, pelas parciais de 6-2 e 6-4.

Assim, o tênis feminino brasileiro tem agora três representantes na segunda rodada da chave de duplas, onde Stefani e Dabrowski vão enfrentar a polonesa Katarzyna Piter e a húngara Dalma Galfi em uma partida mais acessível do que a de Bia e Azarenza, que vão duelar com a dupla estado-unidense Coco Gauff/Jessica Pegula, cabeças de chave 2 do torneio feminino.

Quanto a Martins e Shymanovich vão enfrentar a dupla vencedora do confronto entre Elise Mertens e Storm Hunter e as norte-americanas Emma Navarro e Danielle Collins.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta

Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.