Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Aberto da Austrália
  1. Tênis

Aberto da Austrália: Título misto para o Brasil

Luísa Stefani e Rafael Matos fizeram história na noite de quinta-feira ao conquistar o troféu de duplas mistas no torneio australiano.

Em uma parceria totalmente brasileira, Stefani, de 25 anos, e Matos, de 27, disputaram a primeira final de Grand Slam de suas carreiras profissionais e, com uma grande atuação, a paulista e o gaúcho derrotaram a dupla indiana Sania Mirza e Rohan Bopanna, pelas parciais de 7-6 e 6-2, para levantar o troféu na quadra australiana.

No passado, outros três brasileiros haviam conquistado títulos de Grand Slam nas duplas mistas, mas sempre com parceiros estrangeiros.

Na chave feminina de simples, a final se disputa este sábado entre Elena Rybákina e Aryna Sabalenka.

Já nos masculinos, Stefano Tsitsipas conseguiu finalmente superar a penúltima rodada do Aberto da Austrália. O grego havia perdido na semifinal três vezes seguidas nos últimos anos, mas chega agora na decisão após bater Karen Khachanov pelas parciais de 7-6, 6-4, 6-7 e 6-3, em 3h21 de partida.

Seu adversário de domingo será definido na outra semifinal, entre Novak Djokovic e Tommy Paul.

Quem será o outro finalista?

O quê: Novak Djokovic x Tommy Paul

Onde: Melbourne Park, Melbourne

Quando: sexta-feira, 27 de janeiro, a partir das 05h30 de Brasília

Como assistir: ESPN2

O sérvio teve problemas na coxa no início do torneio, necessitando assistência na segunda e terceira rodadas em Melbourne, mas desde então ele recuperou e conseguiu vitórias confortáveis sobre Alex De Minaur e Andrey Rublev.

O nove vezes vencedor do Aberto da Austrália tem ficado mais forte com o decorrer do torneio e não perde um set desde a segunda rodada, justificando seu favoritismo ao título, com odds de 2/9. Se isso acontecer, Djokovic elevará sua contagem de títulos de Grand Slam para 22, igualando Rafael Nadal.

O historial do sérvio, que chega a esta semifinal com uma sequência de 26 vitórias consecutivas no torneio, é má notícia para o americano de 25 anos, que nunca havia chegado tão longe em um Grand Slam na sua carreira.

Apesar de estar a ser uma das surpresas nas quadras australianas, a inexperiência de Tommy Paul a este nível pode ser determinante e a pressão de enfrentar um dos melhores de sempre deste esporte pela primeira vez pode prejudicá-lo ainda mais. Por outro lado, chegar na semifinal já é um feito e o americano não tem nada a perder.

Confira todos os resultados de Novak Djokovic e de Tommy Paul nas cinco primeiras rodadas deste Aberto da Austrália de 2023:

Roberto Carballés Baena x Novak Djokovic (3-6, 4-6, 0-6)Jan Lennard Struff x Tommy Paul (1-6, 6-7, 2-6)
Enzo Couacaud x Novak Djokovic (1-6, 7-6, 2-6, 0-6)Alejandro Davidovich Fokina x Tommy Paul (2-6, 6-2, 7-6, 3-6, 4-6)
Grigor Dimitrov x Novak Djokovic (6-7, 3-6, 4-6)Tommy Paul x Jenson Brooksby (6-1, 6-4, 6-3)
Alex de Minaur x Novak Djokovic (2-6, 1-6, 2-6)Roberto Batista Agut x Tommy Paul (2-6, 6-4, 2-6, 5-7)
Andrei Rublev x Novak Djokovic (1-6, 2-6, 4-6)Ben Shelton x Tommy Paul (6-7, 3-6, 7-6, 4-6)

Decisão final na chave feminina

O quê: Elena Rybákina x Aryna Sabalenka

Onde: Rod Laver Arena, Melbourne

Quando: sábado, 28 de janeiro, a partir das 05h30 de Brasília

Como assistir: ESPN2

Cotações: Elena Rybákina 23/20, Aryna Sabalenka 3/4

A final feminina se disputa no sábado entre a Elena Rybákina, vencedora do Aberto da Inglaterra em 2022, e Aryna Sabalenka, número cinco do ranking mundial.

Apesar de ter iniciado o torneio como cabeça 22 da chave, a cazaque eliminou várias candidatas de peso em sua trajetória e quase sempre em apenas dois sets, incluindo Victoria Azárenka (7-6 e 6-3), Jelena Ostapenko (6-2 e 6-4), a número um do mundo Iga Swiatek (4-6 e 4-6) e Danielle Collins (6-2, 7-5 e 6-2) e busca agora uma vitória inédita contra a rival, com quem já duelou em três ocasiões.

Já Sabalenka teve um percurso mais fácil, defrontando apenas dua cabeças de chave, mas bem abaixo do seu nível. Na terceira rodada ela eliminou Elise Mertens, cabeça 26, e na fase seguinte bateu a suíça Belinda Bencic pelas parciais de 7-5 e 6-2. A tenista bielorussa chega pela primeira vez na carreira numa final de Grand Slam e segue invicta, sem ter perdido qualquer set na temporada até ao momento.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.