Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Imanol Alguacil
  1. Futebol
  2. Espanha - Primeira Liga

A Real Sociedad chega forte mais uma vez

Os «azuis e brancos» encaram o desafio de se saírem bem em seu retorno à Liga dos Campeões e se manterem entre os melhores em LaLiga.

Como o evidencia o seu desempenho no Campeonato Espanhol nos últimos quatro anos, a Real Sociedad vem sendo uma das equipes mais consistentes do país desde que seu ex-jogador Imanol Alguacil assumiu como técnico.

Em 2023–24, essa consistência será posta à prova. Além de buscarem terminar à frente de outras equipes fortes na luta pelo G4 de LaLiga, os bascos precisarão conciliar esse torneio com a tão prestigiada Liga dos Campeões da UEFA.

Preparando o terreno

Hoje com 52 anos, Imanol Alguacil Barrenetxea é o comandante da equipe principal da Real Sociedad (antes dirigiu a equipe B) desde dezembro de 2018. Logo, 2022–23 foi a quarta temporada completa deste ex-lateral-direito (revelado pelo próprio clube) à frente dos bascos da cidade de San Sebastián.

Nas três temporadas anteriores os txuri-urdinak terminaram respectivamente em sexto, em quinto e de novo em sexto lugar na classificação de LaLiga; na última terminaram em quarto e, enfim, concretizaram o sonho de disputar novamente uma Liga dos Campeões da UEFA (após dez anos de ausência).

Como dito por Mikel Recalde em Noticias de Gipuzkoa, o onze dos atletas com mais minutos em 2022–23 foi este: Álex Remiro; Andoni Gorosabel, Igor Zubeldia, Robin Le Normand e Aihen Muñoz; Martín Zubimendi, Mikel Merino, Brais Méndez e David Silva; Takefusa Kubo e Alexander Sørloth.

Tomaremos alguns dos nomes citados acima como ponto de partida para a nossa análise da Real Sociedad. O retorno à maior das competições europeias demandará um elenco forte para manter a competitividade também na Liga Espanhola. ¿Com quais armas os bascos encararão esse desafio?

Permanências

Uma das melhores notícias que Alguacil poderia ter recebido foi a permanência de duas peças-chave da defesa: o goleiro Remiro e o zagueiro Le Normand. O primeiro foi quem mais entrou em campo na temporada anterior; o segundo (francês naturalizado espanhol) foi titular da furia na conquista da última Liga das Nações.

Outros atletas de tremenda importância encontram-se no meio de campo: o volante Zubimendi e o meia Merino. O primeiro foi alvo do Barcelona e tem sido regularmente convocado pela Espanha; o segundo foi titular em três das quatro partidas realizadas neste ano pela seleção comandada por Luis de la Fuente.

No setor ofensivo destacamos Kubo, uma das grandes contratações txuri-urdinak para 2022–23. Este ponta japonês chegou ao País Basco aos 21 anos como uma incógnita por nunca ter se firmado no Real Madrid (que o emprestou a três outros clubes); hoje, ele é talvez a maior certeza entre os atacantes do elenco.

Despedidas

Dos atletas que se desvincularam da Real Sociedade desde o fim da última temporada, o nome mais destacado é evidentemente o ex-meia David Silva. Em 19 de julho, o «mago de Arguineguín» (cujo contrato ia até junho de 2024) sofreu lesão em joelho; oito dias depois, anunciou a aposentadoria aos 37 anos.

Antes disso já havia chegado ao fim o empréstimo do centroavante Sørloth por parte do Leipzig. O norueguês, que terminou como o artilheiro do clube basco em 2022–23 (doze gols em LaLiga, dois na Copa del Rey e dois na Liga Europa), foi em seguida vendido pelos alemães ao Villarreal por 10 milhões de euros.

Reforços internos

Quem acompanha a seleção espanhola pode ter se surpreendido ao constatar a ausência de Mikel Oyarzabal entre os mais utilizados da Real Sociedad na última temporada. Isso se deveu à lesão que o deixou fora das quatorze primeiras rodadas de LaLiga. Em condições normais, o ponta é titular indiscutível desse time.

Também o centroavante Umar Sadiq teria sido titular frequente dos azuis e brancos se tivesse estado bem fisicamente. Seu caso foi ainda mais grave que o de Oyarzabal: cerca de onze meses atrás, o nigeriano se lesionou em partida válida pela quinta rodada de LaLiga e acabou perdendo todo o restante da temporada.

Recém-chegados

Dois atletas chegaram neste verão. O primeiro foi Hamari Traoré, vindo a custo zero após seis anos no Rennes. Este malinês de 31 anos já é considerado o novo dono da lateral direita (e o antigo titular da posição, Gorosabel, já foi autorizado a buscar novo destino).

Na última quarta-feira anunciou-se a vinda de André Silva, emprestado pelo Leipzig até o meio do ano que vem (com opção de compra). O centroavante português de 27 anos chega lesionado desde maio, mas quando se recuperar representará forte concorrência a Sadiq.

Um possível time-base

Como visto, o onze dos atletas que mais atuaram em 2022–23 seria escalado num 4-4-2. Mas Alguacil também utilizou com frequência o 4-3-3, e foi este o esquema tático que mais se viu nos amistosos da pré-temporada.

É importante notar também a versatilidade de alguns atletas. Kubo é principalmente ponta-direita, mas pode atuar como meia centralizado; Oyarzabal é principalmente ponta-esquerda, mas pode atuar pela direita.

Levando tudo isso em conta, um possível novo time-base seria o seguinte: Remiro; Traoré, Zubeldia, Le Normand e Muñoz; Méndez (Kubo), Zubimendi e Merino; Kubo (Oyarzabal), Sadiq (André Silva) e Oyarzabal.

Outros atletas que provavelmente serão bastante utilizados são Jon Pacheco (zagueiro), Ander Barrenetxea (ponta ou lateral), o francês Mohamed Ali Cho (ponta ou centroavante) e Carlos Fernández (centroavante).

Expectativas

A Real Sociedad está cotada em 2,87 no mercado «Para Terminar no Top 4» de LaLiga, o que a deixa em quarto nos prognósticos. Talvez seja desnecessário dizer que o Real Madrid (1,071), o Barcelona (1,10) e o Atlético de Madrid (1,40) são as três equipes à sua frente.

Bem mais relevante é citar as que aparecem logo atrás: o Sevilla (3,25), o Villarreal (3,50) e os arquirrivais dos txuri-urdinak, o Athletic (4,33). A princípio serão esses os principais concorrentes de Alguacil e cia. na luta pela última vaga na Liga dos Campeões 2024–25.

Para realizar bom papel tanto na principal competição continental quanto na elite espanhola, a Real Sociedad precisará de um elenco forte. Pelo que pudemos ver nesta análise, os bascos parecem estar em ótimas condições de se saírem bem em ambas as disputas.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta

Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.