Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Piotr Zielinski (Napoli)
  1. Futebol
  2. Itália Serie A

A luta pelas zonas europeias na Serie A

Quais serão as equipes italianas a conquistar as quatro vagas na Liga dos Campeões, as duas na Liga Europa e a única na Liga Conferência?

[Traduzido e adaptado de «Serie A: la lotta per i piazzamenti in Europa».]

A Serie A 2023–24 promete ser das mais disputadas. Isso se aplica a todos os objetivos, desde a luta pela permanência até a luta pelo scudetto. Neste artigo, falaremos da concorrência por vaga em alguma das três competições da UEFA.

O grande desempenho de 2022–23

Presenciamos na temporada passada um memorável desempenho de representantes da Serie A nos torneios continentais. Ainda que os troféus tenham ido para outras nações, faltou pouco para que três equipes do bel paese fossem as vencedoras.

Na Liga dos Campeões, a Internazionale perdeu a grande decisão para o Manchester City por apenas 1 x 0; na Liga Europa, a Roma perdeu para o Sevilla nos pênaltis; na Liga Conferência, a Fiorentina perdeu para o West Ham com gol no último minuto.

Os italianos na Europa em 2023–24

Os que terminam nas quatro primeiras posições na Serie A são os que se classificam à Liga dos Campeões da temporada seguinte. Em 2023–24, estes serão respectivamente o Napoli, a Lazio, a Inter de Milão e o Milan.

São dois os italianos na disputa da Liga Europa. Nesta temporada um deles é o Atalanta, por ter sido o quinto colocado na Serie A passada. O outro representante do país a princípio seria o campeão da Coppa Italia 2022–23.

Dissemos «a princípio» porque foi a Inter quem venceu a copa; e, como vimos, os nerazzurri terminaram entre os cinco primeiros na liga. Assim, a Roma, sexta colocada da última Serie A, classificou-se à Liga Europa.

Com o sexto colocado do Campeonato Italiano disputando a segunda principal competição europeia, teríamos o sétimo colocado, a Juventus, na disputa da Liga Conferência. Mas também quanto a isso precisa-se abrir parênteses.

Por irregularidades financeiras, os bianconeri viram-se excluídos de qualquer competição da UEFA para a atual temporada. Consequentemente, o clube italiano na Liga Conferência será o oitavo da Serie A passada: a Fiorentina.

Os protagonistas

Quatro dos vinte participantes da atual primeira divisão italiana se distinguem dos demais, tanto por tradição quanto por força de elenco.

Um deles é evidentemente o Napoli, o atual detentor do scudetto. Desde então, os partenopei perderam o zagueiro sul-coreano Kim Min-jae (vendido ao Bayern de Munique). Para esta mesma posição veio o brasieiro Natan (Bragantino), e para o meio de campo o sueco Jens Cajuste (Reims).

Também a Inter sonha alto. Foram-se atletas como o goleiro camaronês André Onana (Manchester United) e o meio-campista croata Marcelo Brozovic (Al-Nassr); chegaram, entre outros, o goleiro suíço Yann Sommer (Bayern de Munique) e o atacante francês Marcus Thuram (Borussia Mönchengladbach).

Do lado do Milan, a despedida mais sentida foi a do meio-campista Sandro Tonali (Newcastle). Em compensação, vieram jogadores como o meio-campista inglês Ruben Loftus-Cheek (Chelsea), o meio-campista holandês Tijjani Reijnders (AZ) e o meia/atacante americano Christian Pulisic (Chelsea).

Seria um equívoco ignorar a Juventus. Ausente das competições da UEFA, a vecchia signora focará na liga italiana. Foram embora dois veteranos, o meio-campista colombiano Juan Cuadrado (Inter) e o atacante argentino Ángel Di Maria (Benfica); chegou o meio-campista americano Timothy Weah (Lille).

Outros participantes

Após as quatro equipes acima citadas vem um grupo de outras três que também podem sonhar com a Liga dos Campeões.

A Roma disse adeus ao zagueiro brasileiro Roger Ibañez (Al-Ahli) e ao meio-campista holandês Georginio Wijnaldum (Paris Saint-Germain); chegaram o meio-campista português Renato Sanches e o meio-campista argentino Leandro Paredes (ambos do PSG, o primeiro por empréstimo).

Para a Lazio, a grande perda foi o meio-campista sérvio Sergej Milinkovic-Savic (Al-Hilal). Chegaram o meio-campista japonês Daichi Kamada (Eintracht Frankfurt), o atacante argentino Valentín «Taty» Castellanos (New York City) e o atacante dinamarquês Gustav Isaksen (Midtjylland).

Da Atalanta despediram-se nomes como o atacante dinamarquês Rasmus Hojlund (Manchester United) e o zagueiro turco Merih Demiral (Al-Ahli). Entre os reforços estão o meio-campista belga Charles De Ketelaere (emprestado pelo Milan) e o atacante Gianluca Scamacca (West Ham).

O que dizem as cotações

Em 22 de agosto, um dia após o término da primeira rodada, estas eram as sete equipes mais bem cotadas no mercado «Para Terminar no Top 4».

cotaçãoequipe
1,22Internazionale
1,33Napoli
1,40Juventus
1,50Milan
2,50Roma
2,75Atalanta
3,00Lazio

A ordem acima já era um pouco diferente da que se via antes do início do campeonato. Por ter perdido logo na estreia, a Lazio passou a ser vista com menos chances de chegar à Liga dos Campeões da UEFA do que a Atalanta.

Com tantas equipes competindo em alto nível, podemos esperar muitas mudanças nas cotações nas próximas semanas. Quanto às possíveis surpresas, a princípio vale a pena ficar atento a Fiorentina, Bologna, Sassuolo e Torino.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.