Pular para conteúdo
ACESSAR Esportes bet365
Pedro (Flamengo)
  1. Futebol
  2. Brasileirão

2024 pode ser o ano de Pedro

Pelo prestígio de que goza no Flamengo, o «queixada» espera a sua consagração definitiva.

Quando despontou, em 2016, no Fluminense, Pedro parecia destinado a grandes feitos; mas desde 2019, quando deixou o tricolor das Laranjeiras, sua trajetória tem sido irregular. Hoje, em sua quinta temporada no rubro-negro da Gávea, ele tem tudo a favor para viver o melhor ano da carreira.

Conquistando e perdendo espaço

Pedro (Flamengo)

Hoje com 26 anos, Pedro chegou ao Flamengo em 2020 por empréstimo da Fiorentina. Em sua primeira temporada conseguiu uma sequência como titular sob o comando de Domènec Torrent (o sucessor de Jorge Jesus), mas terminou o ano como suplente de Gabi para o técnico Rogério Ceni. Em dezembro, o rubro-negro o adquiriu por 15 milhões de euros.

O «queixada» conquistou seu espaço graças a Dorival Júnior, no segundo semestre de 2022 (quando o urubu venceu a Copa Libertadores e a Copa do Brasil). Esse estatuto se manteria com Vítor Pereira, nos primeiros meses de 2023 (apesar do fracasso na Supercopa do Brasil, no Mundial de Clubes, na Recopa Sul-Americana e no Campeonato Carioca).

Em abril veio Jorge Sampaoli. Nos meses seguintes voltaria à tona a discussão se era possível escalar Pedro mais Gabi, e o camisa 9 teve momentos como titular e como suplente. Nas finais da Copa do Brasil, em setembro, Pedro integrou o onze inicial; mas, como o Flamengo perdeu o título para o São Paulo, o jogo de volta marcou o adeus do técnico argentino.

Reviravoltas no urubu e na canarinho

Pedro (Brasil)

Só podemos imaginar o quão feliz Pedro se sentiu quando soube que o próximo treinador do rubro-negro seria Tite. Quando comandou a seleção brasileira, o gaúcho jamais escondeu sua admiração pelo centroavante carioca; e, em 2022, este foi um dos três atletas em atuação no futebol brasileiro a representaram a canarinho na Copa do Mundo.

Nos doze jogos com Tite na mais recente Série A, Pedro foi sempre titular (e Gabi, quando disponível, foi sempre reserva). O «queixada» fez jus à confiança recebida, visto que marcou 39% dos gols do Flamengo nesses quase dois meses (7/18). Embora 2023 tenha terminado sem quaisquer troféus, 2024 parecia auspicioso para o principal atacante do urubu.

Seu otimismo cresceu em 10 de janeiro, quando a CBF anunciou que Dorival Júnior seria o técnico efetivo da seleção. Anteontem anunciou-se a lista de convocados para as primeiras partidas do Brasil neste ano (nos próximos dias 23 e 26), mas Pedro não estava entre eles. Vejamos agora se o que ele fez até então justificava o retorno à verde e amarela.

Oscilações no Carioca 2024

Pedro (Flamengo)

O primeiro jogo do Flamengo em 2024 foi em 17 de janeiro: pela primeira rodada do Campeonato Carioca, vitória por 4 x 0 sobre o Audax na Arena da Amazônia com um gol de Pedro. Em seguida, ele e os demais atletas do elenco principal viajaram aos Estados Unidos para disputar dois amistosos.

No último dia de janeiro presenciou-se o retorno dos principais atletas em uma partida do Estadual. O adversário seria o Sampaio Corrêa, pela quinta rodada, no Olímpico do Pará. Um dos titulares preservados na ocasião foi Pedro, que não saiu do banco enquanto a equipe vencia por 2 x 0.

Fevereiro começou para o Flamengo com dois clássicos no Maracanã: no dia 4 contra o Vasco, e no dia 7 contra o Botafogo. Em ambos os jogos Pedro integrou o onze inicial, mas não chegou às redes. (0 x 0 foi o resultado contra o corvo, e o gol do 1 x 0 sobre o glorioso foi de Léo Pereira.)

Seguiram-se três jogos: 3 x 0 sobre o Volta Redonda, na Arena da Amazônia, quando Pedro marcou um gol; 3 x 0 sobre o Bangu, no Batistão, quando marcou os três; e 4 x 0 sobre o Boavista, no Maracanã, quando marcou mais um gol. Neste dia, porém, o camisa 9 perdeu um pênalti e foi vaiado.

Sua chance de redenção perante os torcedores viria no último dia 25, contra o Fluminense no Maracanã. Esse dérbi terminou 2 x 0 para o Fla, e Pedro marcou um gol. (Ontem, pela rodada final da Taça Guanabara, Tite não o preservou e o centroavante marcou um gol no 3 x 0 sobre o Madureira.)

Estatísticas e expectativa

Pedro (Flamengo)

Apesar do desempenho não tão bom nos dois primeiros clássicos de 2024, Pedro tem sido eficaz. No Cariocão (a única competição oficial do Flamengo no momento), o centroavante entrou em campo oito vezes e marcou o mesmo número de gols. (Está empatado com Carlinhos, do Nova Iguaçu.)

Sua média de 1,0 gol por jogo não é assim tão alta perante a sua média de 3,9 finalizações por jogo (a mais alta do Estadual). Além disso, ele conta com apenas uma assistência em jogos oficiais (o que não é necessariamente um problema quando se tem Giorgian de Arrascaeta no meio-campo).

A não inclusão do «queixada» na primeira lista de Dorival não deve desanimá-lo; se marcar gols decisivos na fase eliminatória do Estadual, Pedro dará um passo importante para estar com a canarinho na Copa América (em junho). Então, 2024 estará encaminhado para ser o seu ano.

Artigos Relacionados

A bet365 utiliza cookies

Nós utilizamos cookies para oferecer um serviço melhor e mais personalizado. Para mais informações, consulte a nossa Política de Cookies

Novo na bet365? Obtenha até R$200 em Créditos de Aposta Registre-se

A conta deve estar verificada antes da ativação. Retornos excluem valor de aposta em Créditos de Aposta. São aplicados T&Cs, limites de tempo e exclusões.